sábado

Um e-mail, Um caminho...


Hoje dei mais uma chamada na minha irmã. Tenho falado com ela constantemente que gostaria de ter oportunidade de falar a sós com ela. Quero falar com ela sobre o HIV. Já tenho trabalhado a cabeça dela com muitos livros sobre a temática. O problema é que ela não consegue tempo e algumas dificuldades como a distância, filhos, etc... não me possibilitam contar pra ela o que passo.
Hoje posso afirmar que parte da minha tristeza vem do afastamento que tive da minha família. Quero contar pra ela o que passo e as dificuldades que tenho. Tenho essa necessidade e já escrevi sobre ela várias vezes aqui. Lamentavelmente ainda não consegui.
Todos haviam se planejado para passar o meu aniversário comigo. Eu não queria. Depois da última visita, apesar de ter sido gostoso no momento em que vieram, quando se foram eu fiquei durante dias muito triste, e isso afetou minha vida como um todo. Foi difícil me restabelecer.
Liguei hoje pra minha mãe e disse que não gostaria de receber a visita deles no meu aniversário. Doeu tanto nela quanto em mim. Pude perceber sua voz chorosa ao telefone falando dos planos que possuía para o fim de semana.
Não queria que fosse assim. Não consigo de outra forma. Não tenho vontade de festejar e estar com minha família ainda me dói muito. Não pense que estou sendo fraco... tenho feito muito esforço pra reverter essa situação, mas tenho limites. Devo confessar que após ter lido um e-mail de minha irmã tenho pensado diferente.
 

Abrindo minha caixa de e-mails:

"Irmão Bom dia!!!!
Como vc está? Estou muito preocupada com vc. Mamãe está angustiada, disse que vc está tomando remédios que não tomava antes, que vc todo dia toma um pó que ela não sabe o que é. Está achando que vc está doente.
Eu disse que é shake como o que meu marido toma todo dia por causa da academia. Ela se acalmou e tentou acreditar.
Sinceramente, EU acho que vc realmente está com algum problema sério. Acho mesmo que uma doença. É grave? Vc contraiu algum vírus? Acho que quando me mandou aquele livro, queria me dizer algo através dele, mas tento achar que não e não pensar nisso. Porém, hoje, acredito que pode ser isso mesmo.
Sei que vc não quer falar por e-mail, mas eu precisava escrever para me aliviar também. Se for isso, a minha única preocupação é com o seu psicológico, se vc estiver bem, se cuidando, tudo se supera, mas se não, se se entregar a qualquer doença que seja, é barra.
Hoje é aniversário de minha filha. Ela está toda feliz dizendo que o tio deu a festa a ela. Nós iríamos para sua casa mesmo no seu aniversário, mas quero respeitar seu espaço e sua vontade. Se quer ficar sozinho, é um direito seu. Mas se deixar, iremos todos e comemoraremos com vc do jeito que vc quiser. A vida é para se comemorar! Tudo é para se comemorar. Qualquer coisa que seja, mesmo uma doença. É a alegria de viver que contagia o organismo e tudo se cura.
Se não for doença, o que pode ser que angustia uma pessoa?
Esterelidade? Paternidade (engravidou alguém sem querer)? Falta de dinheiro? (Isso só o trabalho, o desgaste e o tempo resolvem e a crise é mundial).
Te chamei para ir ao shopping comigo para conversarmos. Eu ia deixar as crianças no brinquedo para ficar com vc. Mas não quis. Tentarei ir aí então depois do seu niver. Vc tb poderia vir passar aqui.
Beijo.
Se cuida!
Meu marido foi à Igreja de Menino Jesus de Praga, que tudo cura, curou Gianechine, Ana Maria Braga e Lula. Estou com uma medalha benzida para vc.
Bjsssssssssssssss.
Te amo!"
Termino de ler esse e-mail com os olhos cheios de lágrimas e o coração apertado. Te amo muito irmã!




9 comentários:

Gato Van de Kamp disse...

Conta....Mesmo pk ela já sabe, mesmo pk vai ser um atalho pra voltar a se apropriar de um espaço que é tão importante nesse momento e que é seu... Não pode abrir mão deste lugar neste momento de tanta vulnerabilidade... É hora de dar mais um passo, meu amigo...

Gato Van de Kamp disse...

ps Acho que já posso te chamar de"meu amigo", né??? Sim, sim.. Posso sim... rss

FOXX disse...

ow, qrido...
eu te desejo sorte
mas pelo e-mail da sua irmã ela com certeza vai te apoiar...
mas de qualquer forma, novamente, boa sorte...

Anônimo disse...

Oi querido. Pelo visto a sua irma e uma mulher de luz. Olha só a preocupação tão cheia de ternura “a minha única preocupação é com o seu psicológico, se vc estiver bem, se cuidando, tudo se supera, mas se não, se se entregar a qualquer doença que seja, é barra”
Ela esta cheia de Fe, ela vai te entender e te receberá feliz, e será essa a forca que te manterá em diante. Isso existe. essa energia e fe se transmitem. Beijo. Manu

Três Egos disse...

Sim, também acredito que ela já assimilou tudo e está esperando apenas a sua confirmação. Acredito que você deva falar com ela sim e, se possível, o quanto antes, mas que você também esteja preparado para falar, afinal, parece que sua irmã já está angustiada com tudo isso. Vi muito da minha irmã também neste e-mail, também tenho a sorte de ter uma irmã que me apoie...

Abraço!

Cara Comum disse...

A pessoa faz a gente chorar de soluçar publicando um e-mail lindo destes! Acho maravilindo vc ter um apoio destes de sua irmã, que mostra que está preparada pra te apoiar e que gosta muito de vc.

Desejo que vc tenha força pra mais um passo importante destes...

Te adoro, de verdade! Fica em paz!

Prisioneiro 0001 disse...

Oi gatão!

Primeiro: que irmã maravilhosa vc tem.
Muito bacana msmo.
Esse apoio é fundamental.

Acho q tá aí uma pessoa q vc poderia se abrir e compartilhar suas aflições.

Vc tá pensando em marcar o encontro?

Um grande abraço mais q forte!

Alguém Por Aí disse...

Gato, pretendo contar sim. Não sei se será no próximo encontro, pois não queria marcar o dia do meu aniversário com uma notícia tão ruim como essa. Estou certo de que será um momento difícil, porém necessário. Claro que você pode me chamar de amigo. ;)

Foxx, Obrigado pelos votos. Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos.

Olá Manu, minha irmã é sim uma mulher de luz. Sou feliz por ter uma família abençoada. Eu senti a mesma energia quando li sobre isso. Tenho certeza que receberei essa energia/fé e essa força dela. Bela observação. Obrigado pela visita e seja sempre bem vindo.

Olá Três Egos, eu falarei em breve. Ela já sabe de tudo, né?! Tenho certeza que será um momento muito intenso. Na verdade sempre esperei por ele. Minha família sempre buscou resolver os problemas coletivamente, e tenho certeza que é desse apoio que sinto falta neste momento. Um grande abraço!

Olá Cara Comum, eu também chorei muito com este e-mail. E não consigo descrever como me sinto... só sei que sinto. Obrigado pela força.

Lindo Prisioneiro, primeiro tenho que dizer que adorei o Gatão. ;) Penso em falar com ela sim. Um beijão

Anônimo disse...

Pessoal! Digitando agora a irmã: Seguinte, ele me contou hj mesmo. Senti nos olhos que ele precisava falar e teve que ser hj. Falou, ouvi, amei, o amo acima de tudo. Foi assim... simples assim, até pq eu, no funfo, já sabia. Espero que ele se sinta melhor psicologicamente depois de eu já saber de tudo. Reação? Amor, muito amor para ele sempre. É isso, fui! Preciso ir pq ele já chegou no quarto, rsrsrs. Sucesso meu lindo!