sexta-feira

Exigência de exame de HIV é retirada de concurso público municipal

Há alguns dias lendo esse post do Cara Comum fiquei indignado. Felizmente ao entrar hoje no site do Ministério da Saúde me deparei com a seguinte notícia.
 
"A Prefeitura de Matinhos (PR) deixou de exigir exame de HIV aos candidatos do concurso público que será realizado no segundo semestre deste ano. A retificação do edital atende determinação da Portaria nº 1.246/2010 do Ministério do Trabalho e Emprego, que orienta empresas e trabalhadores sobre testagens relacionadas ao vírus. A obrigatoriedade também desrespeitava o artigo XXIII da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que assegura que “toda pessoa tem direito ao trabalho”, e o princípio constitucional de intimidade do indivíduo.
 
Publicado em 1997, o manual “Aconselhamento em DST, HIV e Aids – Diretrizes e Procedimentos Básicos” define que a testagem deve ser sempre voluntária, confidencial e sigilosa. O Ministério da Saúde incentiva a testagem para diagnóstico precoce da infecção, desde que seja um ato voluntário.
 
O Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde informa que a exigência desse tipo de exame não reflete a realidade das pessoas que vivem com HIV. O vírus não impede, necessariamente, que um indivíduo tenha condições para o trabalho. Além disso, o emprego pode trazer mais qualidade de vida aos pacientes."


Fonte: http://www.aids.gov.br

5 comentários:

FOXX disse...

mas e pq fazemos testes de tuberculose, cardíacos e psiquiatricos?

Pablo disse...

Graças a Deus estamos no Brasil! Depois tem gente que quer falar mal. Aqui as leis existem. Podem até não ser muito bem aplicadas, mas existem. Hehe!

Aclim disse...

Com HIV ou sem, ser humano é ser humano. Ri, chora, sente.

Abraço

Fique com Deus

Amiga disse...

Q absurdo, Amigo.

Cara Comum disse...

Pois é, né?? Falei com vc que isso não durava...

Abraços!!