segunda-feira

P$icoterapia

Hoje decidi procurar psicoterapia a qualquer custo, ou melhor, ao menor custo possível. Pois é, achei que o mais interessante seria ir pelo plano de saúde já que minha médica me deu a guia necessária para o encaminhamento. Acordei bem disposto para minha primeira consulta pois alguns dias atrás havia ligado para o plano de saúde e fui informado que só tinha vaga para psicoterapia de grupo. Quanta pobreza habita um só ser! Pois é. Fazer o quê, né?! Terapia!

Resposta errada. Antes de ir na hora marcada, ou melhor, previamente indicada (pois a recepcionista insistiu dizendo que não precisava marcar) resolvi fazer uma ligação com o medo de dar viagem perdida. Batata! “Senhor, infelizmente não há vagas no momento, nem mesmo pra terapia de grupo e não estamos fazendo lista de espera pois já tem muita gente aguardando. Entre em contato até sexta pois talvez abriremos mais um grupo”. Rapadura é doce, mas quem disse que ela é mole?

Não desisti. Entrei em sites de diversas ONGs que trabalham essa temática em minha cidade e nada. Ninguém oferece psicoterapia a um soropositivo de classe média. Existem grupos voltados pra população de rua, população carente, usuários de drogas injetáveis... enfim, não me enquadro em nada. Pra não dizer exatamente nada me enquadro em uma ONG para população LGBT. Uhum, Cláudia. Senta lá. Óbvio que não vou. Imagine... homoafetivos sabem fazer fofoca como ninguém. Replicando o comentário de anônimo   “Senão logo estaremos é na boca das be..q sabemos q são boas nisso!”.  E como são! Como disse Regina Duarte na época em que o Lula era candidato: “Tenho medo!!”  “Calma Ninguém, existe uma ética em trabalhos assim em que o sigilo...” Sigilo? Só confio no meu e no de poucos amigos que cabem em minhas duas mãos e ponto. 

O Cris falou que não deveria parar de fumar maconha agora. Às vezes acho que ele está certo, mas às vezes penso que não. Vejo a maconha como facilitadora em alguns momentos específicos, como o lidar com minha família. Quando fumo sou muito mais agradável em casa e trato bem melhor minha mãe.  Mas por outro lado fico com mais preguiça de fazer as coisas do dia-a-dia. Acho que vou continuar dando um tempo e quando perceber que estou muito agitado com o risco de maltratar alguém farei o uso. Sempre funcionou comigo. Ainda acho que nesse momento a maconha é fuga. E já enjoei de fugir. 

Consegui contato de uma psicoterapeuta bem famosa aqui na cidade. Liguei pra ela e sua consulta custava R$260,00... nossa R$260,00! Acho que o tempo vai tratar de resolver minhas questões e voltarei a sorrir. Por esse preço... eu já to até rindo. 


5 comentários:

Anônimo disse...

HuahAUHuahUAHuahUA....

Qto preconceito cum as culega nesse seu coração....

Bem.. Eu acho que deve fumar mesmo, tudo bem que não arregace, mas por exemplo, antes de dormir é uma boa pedida, como já havia te advertido, pelo menos pra vc ficar mais descansado... Precisa dormir bem pra estar mais forte diante dessa onda toda...

E veja bem, vc sabe melhor que ng, que não fumo e sou total contra... Mas é uma situação especial e acho que tem cabimento... Usou tanto por esporte, pode usar por que de fato é importante nesse momento...

Mas aki... Ah psi de 260 foi akela q recomendei???? Powww, se for vale a pena, hein.... O pacote de bônus é grande... HAUhauHAUHuaHAU (quem estiver lendo deve estar imaginando três mil coisas agora, sorry galera.. Piadinha interna mode on)

Thi disse...

Uma Terapia boa é você pegar esses 260 e ir no shopping gastar.
Vai sair de la sorrindo, feliz da vida... Ja é uma terapia...;-)

Amigo disse...

Não sei nem dizer o que sou capaz de fazer por R$ 260,00. Nossa! Ela deve ser muito boa e deve até beijar na boca. Hehehe!

Ninguém por aí disse...

Fala não gente. Gostei da idéia do shopping Thi. To mesmo precisando de umas comprinhas. rs

Filosofando... disse...

muito interessante, já disse: vc deveria escrever livros. Gosto da sua maneira de expressar suas percepções...